instituto_baleia_franca
 
satmaps
 
 
 
wwf   sea shepherd   ibama   greenpeace   jogue limpo com a praia
         
icmbio projeto baleia franca instituto baleia franca swu
 
 
 
 
baleias franca

O então Vice-Presidente em exercício, José de Alencar Gomes da Silva, assinou no dia 5 de julho de 2010 a Lei 12.282 que confere o título de o Município de Capital Nacional da Baleia Franca ao município de Imbituba.

As praias do Rosa e Ibiraquera são ótimos points de avistamento de baleias, seja da beira da praia, sobre as dunas, ou em cima dos morros que cercam o local.

Segundo dados do Instituto baleia franca, Imbituba é a cidade de Santa Catarina onde se registra o maior número de baleias na temporada, julho a novembro, destacando-se a praia da Ribanceira.

Segundo a bióloga do Instituto, Mônica Pontalti, aproximadamente 60 baleias são avistadas no município durante a temporada. O maior número destes mamíferos é registrado nos meses de agosto e setembro, durante a temporada da Baleia Franca.

Venha nos visitar, aproveite para conhecer estes dóceis gigantes dos mares na temporada mais aconchegante do litoral catarinense, com diversas opções de gastronomia e hospedagem nas praias do Rosa e Ibiraquera.

 

   
   
   
 

Nome científico: Eubalaena australis.
Nome comum: Baleia franca, baleia verdadeira.
Tamanho: Máximo de 14m o macho e 17m a fêmea.
Tamanho médio do filhote ao nascer: 5 metros.
Peso: Em média 40ton., pode chegar a 100ton.
Peso médio do filhote ao nascer: 4 toneladas.
Estimativa de vida: Aproximadamente 60 anos.
Nadadeira caudal: Podem chegar a 4,5m.
Calosidades: Nas calosidades da região da cabeça se alojam seres marinhos como cracas e outros crustáceos. A forma e disposição das calosidades são únicas e permitem o reconhecer cada indivíduo.
Orifício Respiratório: Localizam-se na região dorsal da cabeça.
Esguicho: O esguicho de ar que sai das narinas da baleia franca tem um formato em V, característico desta espécie. Atinge 2 a 5 metros de altura.
Olhos: A visão da baleia franca é perfeita tanto dentro d'água quanto fora.
Barbatanas: Estão presentes no lugar dos dentes, filtram e retém o alimento que se encontra na água. Elas podem chegar até 2,2 metros de comprimento.
Órgãos dos sentidos: Tato, visão e audição bem desenvolvidos, mas carecem de olfato. Não possuem cordas vocais e os sons são produzidos pela passagem do ar no ducto respiratório.
Alimentação: Alimentam-se na superfície, filtrando a água através das barbatanas. A dieta alimentar é constituída principalmente de krill (espécie de camarão).
Gordura: A espessa camada de gordura funciona como isolante térmico mantendo a temperatura corporal, como reserva de energia durante as migrações e auxilia na flutuabilidade.
Temperatura Corporal: em torno de 36ºC.
Respiração: Pulmonar, necessitando vir à superfície em intervalos de tempo para respirarem.
Mergulho: As baleias francas não costumam mergulhar a grandes profundidades e gostam de ficar na superfície por longo período.
Hábitat: As baleias freqüentam o ambiente costeiro penetrando em baías e enseadas a procura de águas são mais quentes, rasas e calmas que facilitam o nascimento dos filhotes, amamentação e aprendizado deste nos movimentos natatórios.
Nascimento e amamentação: O filhote nasce embaixo d’água e a mãe empurra até a superfície para que possa respirar pela primeira vez. Acredita-se que o período de amamentação varie de 6 a 12 meses e o filhote aumenta em média 50kg por dia.
Movimentos: As baleias francas podem ser observadas dando saltos curtos, girando de lado e dando batidas fortes na água com as nadadeiras. Gostam também de exibir suas longas nadadeiras peitorais. Algumas explicações para os saltos das baleias seriam para: comunicação com outros indivíduos; remoção de parasitas externos e camadas superficiais da pele; demonstração da força individual ou algumas expressões de territorialidade; passagens de embarcações.
Deslocamento: Velocidade média de 5 km/h.

Fonte: Instituto Baleia Franca
www.baleiafranca.org

 
 
Bookmark and Share

 

     
     

 

satmaps
© Copyright Guia do Rosa e Ibiraquera 20121. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo/imagens deste site, sem autorização dos autores. - Desenvolvido por jrpetry